Exames

Os alunos que frequentam os cursos de Língua e Cultura Portuguesas promovidos pelo Camões I.P. têm a possibilidade de se prepararem para os exames de Certificação e para os exames do sistema de Ensino Britânico (GCSE e A-Level). Os estudantes de Português como Língua Estrangeira podem realizar os exames do CAPLE e a e-certificação, Camões Júnior.

Também funcionamos como centro de aplicação de exames da UAb.

Veja abaixo mais informação sobre todos estes exames.

Certificação EPE

1. O que é?

É um processo de reconhecimento das aprendizagens dos alunos da rede do Ensino Português no Estrangeiro (EPE), pelo Estado português.

Esta certificação é da responsabilidade conjunta do Ministério da Educação e Ciência, através da Direção-Geral da Educação, e do Ministério dos Negócios Estrangeiros, através do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P.

Concretiza-se através da realização de exames por nível de proficiência, quando os alunos alcançam o perfil de saída definido nos termos do Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro (QuaREPE).

2. Que vantagens?

No mundo global em que vivemos, de liberdade ou de necessidade de movimentação, em que o conhecimento de línguas constitui um bem superior, é da maior importância criar uma certificação comum para o Ensino Português no Estrangeiro que permita a valorização, o reconhecimento e a acreditação das competências comunicativas dos alunos em língua portuguesa, independentemente do país onde residam.

A certificação das aprendizagens facilitará a mobilidade dos alunos entre os países em que a rede EPE está presente e permitirá a compatibilização com certificações locais.

Desta forma, com suporte no novo regime jurídico do Ensino Português no Estrangeiro*, é introduzido um novo fator de atestação de qualidade das aprendizagens dos alunos do EPE.

* Decreto-Lei n.º 165/2006, de 11 de agosto, alterado e republicado pelo Decreto-Lei n.º 165-C/2009, de 28 de julho e alterado pelo Decreto-Lei n.º 234/2012, de 30 de outubro.

3. Onde é?

Os alunos de Português do Reino Unido e Ilhas do Canal realizam normalmente os exames de certificação em Londres (Hammersmith & Lambeth), Jersey e Edimburgo.

Em todo o caso, em abril de cada ano é divulgada uma lista definitiva dos centros de exame, através dos professores, pelas Coordenações de Ensino e na plataforma do Instituto Camões, IP, na internet.

4. Para quem é?

Poderão realizar os exames de certificação todos os alunos da rede do Ensino Português no Estrangeiro, dos níveis básico e secundário, mediante indicação do seu professor ou por autoproposta.

O processo de inscrição será realizado junto dos professores da rede EPE no Reino Unido.

5. Quando é?

As provas de certificação realizam-se uma vez por ano, no final do ano letivo, em 3 épocas distintas, de acordo com os calendários escolares dos diferentes países.

Para mais informação sobre a realização dos exames, em cada época, contactar a Coordenação de Ensino de Português no Reino Unido.

6. Como é a certificação?

Existem 5 exames, cada exame equivale a um nível de proficiência linguística nos termos descritos no Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas –QECR- e QuaREPE, que definem o conjunto de conhecimentos e de competências em língua e linguísticas nos níveis A1, A2, B1, B2 e C1.

Os conhecimentos e competências necessários para a realização dos 5 exames estão apresentados no Quadro de Referência para o Ensino Português no Estrangeiro (QuaREPE), tido como instrumento central da avaliação das aprendizagens dos alunos do EPE. Este Quadro teve como base de trabalho o Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECR). Além destes dois documentos, assinalam-se ainda os Programas do EPE, do Camões, I.P., como elementos de referência no processo de certificação.

7. Provas de exame

As provas de exame avaliarão as seguintes competências em língua portuguesa: Compreensão Oral; Produção Oral; Leitura; Escrita.

Os questionários das provas de exame são constituídos por perguntas ou pedidos para se fazer alguma coisa, isto é, tarefas, que se baseiam em situações de comunicação que podem acontecer na vida real, seja no domínio oral seja no domínio escrito, numa perspetiva de abordagem comunicativa no ensino, aprendizagem e avaliação das línguas.

8. Estrutura das provas de exame


1. Competências e partes da prova

As provas, para qualquer dos níveis de proficiência, serão constituídas por três partes, referentes às competências a avaliar: (i) Compreensão Oral; (ii) Leitura e Escrita, que serão avaliadas na mesma parte da prova; (iii) Expressão Oral.

A duração das provas será diferente consoante os níveis, até ao limite máximo de 120 minutos.


2. Competências e tarefas das provas ? modelos (matrizes)

O QuaREPE, tendo em conta que os alunos poderão ter começado a aprendizagem formal da língua portuguesa mais cedo ou mais tarde, determina que as provas dos níveis A1 e A2 poderão ser realizadas por alunos de cada uma das seguintes faixas etárias: (i) 8-10 anos; (ii) 11-14 anos; (iii) 15-18 anos. Dado que os interesses e a maturidade dos alunos de cada uma destas faixas é diferente, haverá três provas diferentes: (i) Prova A, para alunos de 8-10 anos; (ii) Prova B, para alunos de 11-14 anos; (iii) Prova C, para alunos de 15-18 anos.

As provas de certificação do nível B1 poderão ser realizadas por alunos das faixas etárias dos 11-14 anos e dos 15-18 anos, havendo, assim, pelos mesmos motivos que antes se apresentaram, duas provas: (i) Prova A, para alunos de 11-14 anos; (ii) Prova B, para alunos de 15-18 anos.

Os níveis B2 e C1, pelo grau de autonomia, fluência, propriedade, eficácia do discurso, correção gramatical e consciência dos processos e recursos linguísticos que implicam, dirigem-se aos alunos que se encontrem a frequentar o ensino secundário do país em que se encontram ? alunos com mais de 15 anos.

9. Matrizes das provas de exame

Consulte através dos links abaixo inseridos as matrizes das provas de exame para os diferentes níveis.

10. Modelos de Prova de Certificação

Consulte através dos ficheiros abaixo inseridos a estrutura das provas de Certificação.

Exames de Português do sistema de Ensino Britânico.

GCSE

Click here to read the brochure in English

A-LEVEL

Click here to read the brochure in English

Certificação em Língua Estrangeira

Encontre aqui informação sobre os exames do CAPLE e o exame Camões Júnior.

CAPLE

O Centro de Avaliação e Certificação de Português Língua Estrangeira (CAPLE) pretence à Universidade de Lisboa e é a única entidade portuguesa que avalia e certifica as competências escritas e orais em português como língua estrangeira (PLE).

 Os exames do CAPLE avaliam as competências descritas no Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECR), nos seus seis níveis (A1 a C2) e são destinados a falantes de outras línguas.

Destinatários

Os exames de PLE do CAPLE podem ser realizados por quem não tem o português como língua materna e queira comprovar, para fins educativos, profissionais ou outros, a sua competência em português, nos termos reconhecidos por cada certificado ou diploma. 

Aos exames não escolares podem candidatar-se pessoas com mais de 16 anos de idade que se considerem preparadas para realizar o exame que selecionarem, independentemente da forma como adquiriram o PLE e do local onde o tenham feito.

Inscrições

Preencha a ficha de inscrição e siga as instruções. Quando acabar, recebe a confirmação no seu correio eletrónico. Guarde o código do candidato. Vai precisar dele para o exame e também para consultar o resultado obtido. O LAPE onde vai realizar o exame recebe também a confirmação da inscrição e entra em contacto consigo, por correio eletrónico, para o informar da data do teste de Produção e Interação Orais.

Não é possível fazer a inscrição em mais do que um exame por época.

As inscrições podem ser feitas ao longo do ano. Consulte o calendário em http://caple.letras.ulisboa.pt/seasons/exams.

Datas e locais

No Reino Unido, pode realizar exames nas épocas de maio e novembro no seguinte local de aplicação de exames:

Embaixada de Portugal em Londres

11 Belgrave Square

SW1X 8PP London

Para mais informações contacte o professor Manuel Carlos Xastre através do e-mail: manuel.xastre@e-portuguese.co.uk

Camões Júnior

O exame de Português Língua Estrangeira CAMÕES JÚNIOR é um exame progressivo, dirigido a um público juvenil, em formato e-Certificação/e-assessment, que certifica as aprendizagens realizadas ao longo do percurso no ensino secundário, através de um certificado do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P., e valoriza o currículo de acesso ao mundo académico ou de entrada no mundo profissional.

Permite realizar a avaliação externa dos alunos em português língua estrangeira e aferir, através de um único exame, de dificuldade progressiva, a competência global dos candidatos nas áreas da Compreensão Oral e da Expressão Oral (50% da cotação total), da Leitura e da Escrita (50% da cotação total), expressando o resultado global através de uma escala 0?100, com linhas de corte fixas e situando os candidatos no nível de proficiência A1, A2 ou B1 do Quadro Europeu Comum de Referência para as Línguas (QECR).

O exame é constituído por quatro partes e tem a duração total de 120 minutos:

  • Parte 1 – Compreensão Oral (25 minutos);
  • Parte 2 – Expressão Oral (10 minutos);
  • Parte 3 – Leitura (45 minutos);
  • Parte 4 – Escrita (40 minutos).

Realiza-se em formato digital, com recurso a uma plataforma eletrónica de e-assessment (TAO), o que torna o processo mais eficiente e eficaz, simplificando a aplicação de prova, reforçando a uniformidade de administração e otimizando os procedimentos de classificação.

O exame inclui, como suportes, textos áudio, textos escritos e imagens, integrando itens de seleção (escolha múltipla, associação e completamento) e itens de construção (resposta restrita e resposta extensa). A Parte 4 – Escrita – é constituída por um item de resposta restrita e por um item de resposta extensa, com os limites, em número de palavras, de 40-60 palavras e de 100-120 palavras, respetivamente.

O exame Camões Júnior foi concebido de modo a responder ao modelo conceptual da ALTE (Association of Language Testers in Europe) e a respeitar os princípios considerados essenciais para garantir as qualidades de fiabilidade e de validade (validade de contexto, validade cognitiva e validade de classificação), adequando-se à sua finalidade.

O exame pode ser realizado por jovens, entre os 12 e os 17 anos, de qualquer género ou religião. Os candidatos não podem ser nacionais de países de língua oficial portuguesa.

Acesso demonstração: https://exames.instituto-camoes.pt/tao/Main/login